Thinkering

Thinkering

"ThinkerINg - citizenship and democracy” foi um intercâmbio juvenil que teve lugar em Beja (Portugal) entre 24 de Março e 2 de Abril de 2018.

Este intercâmbio Juvenil procurou dar aos participantes a oportunidade de encontrar maneiras criativas de se expressar nas suas comunidades locais através de atividades culturais e artísticas, não só com o seu corpo (através do teatro ou da dança) mas também com a sua mente (através da escultura, do desenho ou da pintura). Este intercâmbio empoderou os seus participantes a compreender melhor a sua sociedade, as oportunidades da democracia e a necessidade de uma cidadania ativa de maneira a salvaguardar os valores europeus e democráticos. Cada grupo/país teve a oportunidade de apresentar a realidade da democracia na sua comunidade.

Objetivos: dar aos jovens a oportunidade de se expressar através de métodos de expressão artística, como a pintura, o vídeo, o teatro ou a dança; melhorar o conhecimento de oportunidades e ideais para a cidadania ativa nas suas comunidades locais; abrir a mente dos participantes à multiculturalidade, à inclusão e à democracia.

Este intercâmbio auxiliou os jovens a melhor compreender a sua sociedade através de diferentes formas de comunicação e de expressão, através de diferentes workshops:

Comunicação: como utilizar as novas tecnologias para comunicar entre nós através do uso da imagem nas redes sociais.

- Artes plásticas e visuais: como apresentar as nossas ideias de maneira visual em formato físico.

- Dança: como se expressar utilizando o corpo.

- Música: como se expressar através da música.

- Teatro: como se expressar através da representação.

Blog

24 de Março – Chegada

ThinkerINg ... 3,2,1 Ação!

Hoje começou oficialmente este projeto na fantástica cidade de Beja, com um estilo à alentejana. Foi um início muito bom, visto que tivemos a oportunidade de começar a conhecer-nos com vários jogos de "quebra-gelo" e atividades para construir o espírito de equipa.

A atmosfera é acolhedora e confortável e tivemos também a oportunidade de conhecer de perto a cultura portuguesa, depois de provarmos um belo copo de vinho do Porto.

25 de Março – 1º Dia

Bom dia Beja! É uma sensação fantástica acordar da manhã e perceber que estamos em Portugal. Começámos o dia como alguns jogos de nomes, já que o grupo é tão grande e é sempre bom aprender os nomes desde o início. Todas as atividades da manhã foram feitas na Casa da Cultura, que ofereceu uma fantástica sala cheia de espaço; enquanto partilhavam expectativas e medos e aprendíamos mais acerca do mundo Erasmus+, os participantes aproveitaram o primeiro momento do projeto. Durante a tarde começaram a trabalhar na sua expressão artística: utilizando a sua criatividade e energia, os participantes encontraram várias ideias fantásticas acerca do projeto em si e fizeram vários quadros. Música, comida e bebidas portuguesas durante a noite fizeram um final perfeito para este dia.

26 de Março – 2º Dia

Depois da noite intercultural portuguesa, aqui estamos prontos para esta maluca segunda-feira. O grupo está tão feliz e motivado que tornou uma “missão impossível” numa fantástica missão possível. Tivemos a sorte e privilégio de descobrir e ouvir diferentes situações e pontos de vista acerca do tópico da democracia e racismo de cada país envolvido no projeto. Depois de um grande almoço, tivemos atividades durante a tarde, onde todos adoraram uma fantástica “livraria humana”, uma maneira muito fixe de partilhar experiências de vida entre participantes. E nada melhor para acabar o dia com comida e bebida de vários países: fomos bem-vindos pela Estónia, Polónia e Itália.

27 de Março – 3º Dia

A manhã começou com jogos de teambuilding, “Maracuja” e encontrar uma estratégia para, como grupo, chegarmos ao nosso objetivo. Tivemos uma agradável pausa para beber e comer e depois apresentámos as ideias dos workshops: dança, música, comunicação, arte e teatro. Escolhemos em qual queríamos ficar e começámos a trabalhar!

À uma almoçámos, com comida típica portuguesa, que não foi muito “famosa” entre os participantes. Mas não faz mal, porque aproveitámos o Sol até às 3! Depois voltámos à Casa da Cultura de Beja, para voltar ao trabalho. Ao fim da tarde, tivemos um workshop de linguagem gestual (que todos adoraram), refletimos sobre o dia, e de volta à pousada!

28 de Março – 4º Dia

Bom dia caros bejenses!

Que sorte ter estado tão solarengo e quente! Na Casa da Cultura fizemos um energizer energético, para acordar a sério, proposto pelo amável Lério, que teve de nos abandonar. (Lério adoramos-te, vemo-nos para uma cerveja em Lisboa!) Depois começámos os primeiros jogos do dia, para unir a equipa e, a seguir, voltámos ao trabalho! O grupo da Arte começou o seu mural de 10 metros sobre uma cidade democrática. Na Música começaram uma música relacionada com o sentimento europeu e a práticar. No grupo do Teatro expressámos as nossas emoções. Na Dança começou o breakdance e os participantes aprenderam alguns movimentos latinos. No grupo da Comunicação, começaram a fazer pequenas entrevistas e a criar as hashtags do projeto. Passámos a primeira parte do dia na parte de fora da Casa da Cultura. Depois fomos para um lindo parque em Beja onde continuámos os workshops, ouvimos música, aproveitámos o sol e criámos arte, música, ligações e um sentimento europeu. Claro que podíamos contar mais, mas é sempre melhor ficar surpreendido, por isso fiquem ligados para os próximos blogs!

29 de Março – 5º Dia

O dia internacional do “Abraça a Tekla”, criado pelo Amigo Secreto da Tekla, começou com um clássico pequeno-almoço à tuga. Sono e cansaço pairavam no ar enquanto alguns participantes corriam para os chuveiros antes de saírem para a visita cultural de Beja. Assim que abri a água e as primeiras gotas de água quente passaram pela minha pele, Peter, o líder do meu grupo, chamou pelo meu nome. Eu pensei que íamos sair às 10 depois de todos concordarmos nessa ideia ontem à noite, mas estava errado. Acabei rapidamente este refresco matinal e corri para a entrada da pousada para me juntar ao resto do grupo.

O Museu Arqueológico de Beja era mais pequeno do que pensava, mas mesmo assim mostrava uma exposição interessante sobre a história da cidade, a partir dos tempos pré-romanos até aos dias de hoje. A seguir partimos para a Câmara Municipal, onde fomos recebidos pelo Presidente, que nos ofereceu um CD e calorosas palavras. Tivemos também a oportunidade de ir ao Castelo de Beja, que tinha uma história de aventuras, visto que protegeu tanto muçulmanos como cristãos. Terminada a visita, ainda tínhamos tempo para descobrir a cidade por nós próprios.

A seguir almoçámos galinha com batatas, estava bem delicioso. À altura normal, começamos a tarde com workshops seguidos de uma pausa para comes e bebes e reflexão. O jantar a seguir foi algo “queijoso-peixoso-mayoneso”, mas bastante bom. Para terminar o dia, alguns participantes fizeram um workshop sobre “Novas ligações”, sobre criar laços mais profundos entre nós em grupos pequenos. Primeiro meditámos e depois estabelecemos laços entre nós e respondemos a perguntas complexas e profundas em grupos de 3.

Depois deste dia meio cansativo, meio satisfatório, tivemos a oportunidade de sair à noite, e a maior parte do grupo foi. Outros ficaram na pousada a falar e a beber (moderadamente), e também foi divertido!

No fim de contas, foi cá um dia, cheio de programas intensos e interessantes. Acho que todos nos divertimos, eu sei que pelo menos eu me diverti bastante!

Janos Belteki (Hungria)

30 de Março – 6º Dia

Hoje foi um dia cansativo, mas inspirador. Como disse o Rauno, da Estónia, que está a facilitar o grupo de teatro: “Este dia para mim foi bastante inspirador porque tive a oportunidade de utilizar novos métodos e jogos no grupo de teatro. Aquele pessoal estava cheio de motivação e boas emoções. Fizemos meditação e depois pintámos emoções que nos vinham à cabeça a ouvir música. Também preparámos a nossa performance e cooperamos com o grupo da música, porque vamos atuar juntos”.

Por outro lado, sobre o workshop de dança, o Andre, eslovaco, partilhou: “Para mim este workshop é muito interessante e divertido porque nunca danço e estou a gostar de aprender novos passos e ajudar a criar uma coreografia. Prefiro o breakdance. Este workshop dá-me passos de samba, breakdance, e dança típica da Grécia e do Chipre. Gosto bastante e trabalhar com outras pessoas é empolgante!”

Da Itália, a Cláudia, que está a ajudar no grupo de Música, diz: “O grupo da música está a melhorar. O espetáculo é já amanhã e estamos prontos. Os refugiados vão ter uma voz e Beja vai ouvir”.

Para a Tekla, uma das participantes húngaras do grupo de Comunicação: “Hoje a equipa da comunicação acabou os últimos detalhes nos vídeos que vão depois ser editados e foi bastante divertido e interessante conversar durante os “retratos com o panda” e as entrevistas individuais”.

A Aleksandra, da Polónia, não chegou a escrever sobre o seu dia, mas o grupo da Arte de que ela faz parte está a melhorar progressivamente o seu mural: “Está quase pronto e estou a gostar bastante”, disse.

31 de Março – 7º Dia

Uhhhh! Chegou a altura da apresentação final e estamos todos prontos! Durante a manhã, claro, tivemos a oportunidade de verificar tudo e praticar pela última vez. Durante a tarde, o grupo foi para o centro de Beja, para as Portas de Mértola. Era um dia normal naquela praça, mas quando o grupo colocou o mural e começou as suas performances foi enchendo e enchendo. Primeiro, o grupo de teatro fez um teatro poderoso e emocionante sobre a crise dos refugiados, acompanhado pelo grupo da música, que depois cantou lindamente em grego e italiano. Para terminar, o grupo da dança colocou as emoções ao rubro com uma performance dinâmica e relaxante, com breakdance e danças latinas. Tudo isto enquanto os mais curiosos se aproximavam da “Democracidade” que cobria um dos edifícios da praça. Bom trabalho pessoal :-)

1 de Abril – 8º Dia

Ah! Estão todos tão cansados, a noite de ontem foi de celebração do nosso fantástico trabalho com um ActionBound por Beja! Hoje, fazemos a autoavaliação do projeto. No geral estão todos felizes e no fim do dia sentimos uma ligação entre todos nós, figurativamente e literalmente, ao passarmos uma linha de lã entre cada um de nós, enquanto expressamos os nossos sentimentos e conclusões. E claro, pensando já no futuro, cada grupo nacional decide o que vai fazer para o follow-up. No fim do dia, celebramos mais uma vez, o jantar é na Casa do Benfica com um prato especial de YouthPass acompanhado por um fantástico vídeo sobre Racismo feito pelo grupo da Comunicação. Terminado a jantarada, vamos todos descansar, porque amanhã é altura de ir embora :-( até logo Beja!

Promotor:

Associação Check-IN (Portugal)

Parceiros internacionais:

Itália

Associazione Agrado é uma organização local italiana que organiza projetos, atividades e ações para promover o desenvolvimento pessoal, de capacidades e competências de jovens e adultos através da educação não-formal. Organizam Intercâmbios Juvenis, Seminários, Cursos de Formação, projetos de Serviço Voluntário Europeu e ações KA2 (cooperação para a inovação e partilha de boas práticas) dentro do programa Erasmus+. Trabalham bastante as temáticas dos Direitos Humanos, resolução de conflitos, discriminação e métodos psicológicos de desenvolvimento pessoal e comunicação (“análise transacional”).

Website: www.associazioneagrado.com

Estónia

A ONG estónia Maidla Noored, criada em 2009, trabalha com jovens dos 7 aos 25 anos. O seu objetivo é organizar diferentes atividades de educação informal para empoderar os jovens a descobrir-se a si próprios e os tópicos atuais que afetam o mundo, através de diferentes projetos locais, regionais e internacionais. Para além disso, procuram motivar os jovens a serem mais ativos e a tomar parte em discussões, eventos e, principalmente, ao tomar o papel de liderança, incluir outros jovens nas suas atividades.

Website: https://www.facebook.com/Maidla.Noortekeskus

Eslováquia

VIBE é um grupo não-formal de jovens cujo propósito é criar oportunidades para jovens participarem ativamente na sociedade e contribuir para mudanças sociais. VIBE foca-se principalmente em tópicos como a arte, a criatividade, a alfabetização literária e a comunicação de marketing. Já implementaram dois intercâmbios juvenis na Eslováquia: “Recycling with Creativity” e “Art that will change you”; para além de coorganizarem o intercâmbio juvenil “Art of Recycling” na Turquia.

Website: https://www.facebook.com/vibeslovakia

Chipre

“PlanBe, Plan it Be it” é uma organização não-governamental e não lucrativa sediada em Nicósia e gerida por uma equipa de trabalhadores juvenis. Entre os seus objetivos está o contributo para mudanças sociais positivas na sociedade. A missão da organização é desenvolver a educação não-formal, o empreendedorismo, a criatividade, o investimento no património, a consciência ambiental, a defesa da democracia, os Direitos Humanos e desenvolver a solidariedade e a tolerância entre os jovens. “PlanBe” dá acesso a todxs, incluindo jovens com menos oportunidades, para desenvolver a sua vida pessoal e profissional.

Website: http://www.planbe-ngo.com

Hungria

A “Hungarian Volunteer Sending Foundation” (HVSF) foi fundada por um grupo de jovens entusiastas com o objetivo de participar em projetos de desenvolvimento e humanitários organizados por instituições húngaras ou internacionais, garantindo a preparação dos voluntários e para promover o voluntariado em si. Para além disso, a HVSF participa também em projetos dentro do programa Erasmus+. Esta fundação procura principalmente contribuir para a construção de uma rede internacional composta por uma comunidade preocupada e bem informada preparada para trazer mais igualdade e empatia para o mundo.

Website: http://www.hvsf.hu

Polónia

A Fundação “RA i DO” representa a cooperação de organizações polacas e internacionais que promovem a tolerância e a integração do desenvolvimento social, cultural e profissional. As suas principais tarefas são promover a mobilidade e integração multicultural; a colaboração cultural, social e económica; e a cultura de vários países, regiões, comunidades e religiões. Para atingir os seus objetivos, a “RA i DO” apoia pessoas com deficiências e/ou poucas oportunidades, em particular com surdez e/ou cegueira, e as suas famílias, para além de organizar eventos e atividades que promovam a inclusão e a tolerância através de métodos informais e não-formais.

Website: www.raido.mispomocnik.pl

Participantes:

O grupo vai ser composto por 35 jovens participantes e 7 teamleaders. Cada país será representado por 5 participantes (18 a 30 anos) e um teamleader (25 a 40 anos). O grupo polaco irá ter mais um participante (membro de apoio).

Métodos:

As atividades propostas utilizarão técnicas de educação não-formal: atividades de teambuilding, simulações, experiências, partilhas de boas práticas, visitar, grupos de reflexão, noites interculturais e workshops criativos.

Beja:

Todas as atividades terão lugar em Beja, Portugal. A área municipal de Beja é composta por 35854 habitantes, estando localizada na região do Alentejo. Beja constituía já uma importante localidade na antiguidade. Já habitada pelos celtas, a cidade foi depois chamada de Pax Julia por Júlio César em 48 a.C., aquando da paz com os Lusitanos. Esta é a cidade que vos irá receber e que será o palco deste projeto.

Logística em Beja

Alojamento

Todos os participantes ficaram alojados na Pousada da Juventude de Beja em quartos de 4 ou 6 camas.http://www.pousadasjuventude.pt/pt/pousadas/beja

Contactos:

Caso exista alguma questão acerca da seleção e da preparação dos participantes seleciona a associação parceira do teu país:

Hungary – Magyar Onkenteskuldo Alapitvany - Enable JavaScript to view protected content.

Italy – Associazione Agrado - Enable JavaScript to view protected content.

Slovakia - VIBE - Youth group for education and cultural development - Enable JavaScript to view protected content.

Estonia - MTÜ Maidla Noored - Enable JavaScript to view protected content.

Poland - Fundacja RAIDO - Enable JavaScript to view protected content.

Cyprus - PlanBe, Plan it Be it - Enable JavaScript to view protected content.

Para informações gerais sobre o projeto, não hesite em contactar-nos:

Associação Check-IN

Email: Enable JavaScript to view protected content.

Telm.: +351.212404136

Este projeto é apoiado por: Erasmus+ KA1: Mobilidade de indivíduos, Agência Nacional Portuguesa com a referência nº: 2017-3-PT02-KA105-004747

Mais informações acerca do Programa Erasmus+ podes encontradar em: www.juventude.pt

Instítuto Português do Desporto e JuventudeJuventude em Acção - Erasmus +Anna Lindh Foundation - EuromedEurodesk

This website uses cookies to ensure you get the best experience on our website